Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

RN
Publicada em 08/03/18 às 18:00h - 77 visualizações
Pioneiro na participação política das mulheres, RN ainda tem baixa representação nos cargos eletivos
Estado teve primeira eleitora e primeira prefeita do país. 90 anos depois, elas são maioria nos votos, mas minoria nos cargos políticos.

g1 rn


m 1927, a potiguar Celina Guimarães Viana se tornou a primeira mulher a votar no Brasil. O caso aconteceu em Mossoró, na região Oeste do estado. Um ano depois, Alzira Soriano foi eleita prefeita de Lajes, na região central, sendo a primeira a ocupar um cargo como esse no país. Passado quase um século desde essas histórias de pioneirismo feminino, as potiguares já são maioria no registro de eleitores, porém minoria quando o assunto é a ocupação dos cargos eletivos.

As mulheres são 52% do eleitorado do Rio Grande do Norte, contra a fatia de 48%, formada pelos homens. Já na Assembleia Legislativa do RN, dos 24 mandatos, apenas 3 são delas, o que representa 12,5%. Na Câmara Municipal de Natal, dos 29 parlamentares, 7 são mulheres, ou 24,13%.

O estado também só conta com uma representante entre os oito deputados federais e outra entre os três potiguares no Senado Federal - o que ainda parece um privilégio, já que mais da metade dos estados não tem sequer uma senadora. "Essa baixa representação de mulheres no Parlamento favorece a que matérias de cunho sexista e misógino sejam apresentadas e aprovadas", considera a senadora Fátima Bezerra.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

No Ar


Nenhuma programação cadastrada
para esse horário




Promoções
Estatísticas
Visitas: 123621 Usuários Online: 27


Pubicidades
Parceiros
BLOG ZONA NORTE
CENTRO EDUCACIONAL CORAÇÃO DE JESUS
Nando
PEGADA BRASILEIRA

DIREÇÃO: MARCONES SANTOS E DANIEL MOURA
Copyright (c) 2018 - Litoral Norte FM 87.9 - Todos os direitos reservados